9 de maio de 2008

Regresso

Há dias complicados.
Quando parece que só queremos um cantinho.

O meu cantinho é ai.
O meu porto de abrigo.
Voltei e deitei-me no sofá.
Dava desenhos animados na televisão. Do outro lado só faltava o meu irmão e a manta que nos protegia dos Invernos frios. Lá fora a chuva.

Voltei a ser criança!

Mas desta vez, junto ao meu corpo estava o meu tesouro.
Chuchava no dedo e eu sussurrava ao ouvido...
Amo-te

2 comentários:

La sevilhana disse...

Que fixe!! Deve ser muito bom...eu faço isso com a minha gata! : )

Patrícia disse...

Adoro o teu "nome", miga!!!!!