21 de janeiro de 2009

Sombra I

Ela fica ali. Sempre ficou ali. De longe a olhar.

Ver.

Sente e investiga-me. Surpreende-me por saber insignificâncias sobre mim que nem eu sabia que existiam...

Está ali. Mesmo atrás de mim. Apanha-me os cacos.

Chorou e riu-se comigo! Viveu de nós. Para nós.

Sei que mãe quero ser...porque és minha mãe!

Obrigada...

És uma das minhas sombras.

Tenho muita sorte...Eu tenho duas sombras...

3 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Marília!!!!!!!!!!!!!!!!Bj mt gde. Tudo de bom. A Patrícia tem razão, sp te considerei uma maezona.
Bj gde.....
Iolanda.

La Sevilhana disse...

Parabéns à mamã!

Bj

Anis disse...

Parabéns à mãe, e à filha pela mãe que tem, pois se assim não fosse as palavras não eram tão bonitas! Beijinhos Patrícia