18 de junho de 2010

Eles II


Não sei escrever tudo o que se tem alterado dentro de mim. Não sei se o meu coração bate mais rápido por ter dois grandes amores, ou se bate agora a um ritmo mais estável...

Mas sei que às vezes tenho medo.

Medo porque sinto que todos os dias o amor que sinto por eles se transforma. E eu não sei como dizer que me sinto mais calma e menos obsessiva com o meu primeiro amor, e nem sei se isso é mesmo assim - Se o nosso coração muda o centro de gravidade com um novo amor - mas sei que por vezes me sinto culpada por isso.

Sei que os dias passam a correr - ou assim me parece - quando te leio as expressões e vejo-as já tão crescidas, tão "rapazinho". Mas depois olhas para mim, com o mesmo olhar - o que me pedia colo e aconchego. E eu dou...às vezes com o pequenino a chorar. Mas dou...porque tu és o meu primeiro amor! E esta coisas de por vezes ter que me dividir entre os dois, aperta-me o coração e é a única coisa que me faz doer nesta mudança de todos os dias.

Mas depois olho para os dois. Olho para um e olho para o outro.
E tenho outra certeza: é mesmo assim. São amores diferentes. São os meus mais perfeitos Amores. Deste mundo e do outro. E só por isso, está tudo como deveria estar. E como sempre sonhei.
Um ao meu colo - porque eu dou-lhe colo mal ele chora e não quero saber que fique mal habituado - e o outro a correr pela casa e a falar tanto que por vezes cansa.
E depois cheiro-vos. Sinto-vos. São doces e de pele macia. São os meus amores.
Sim...está tudo bem....

9 comentários:

Anónimo disse...

Claro que está. Tu és uma super-mulher, o que engloba ser uma super-mãe. Tenho a certeza que apesar das dúvidas e incertezas que te assolam, vais encontrar uma solução coerente. É mesmo como dizes: o que é preciso é bom senso.
Bj mt gde,
adoro-te.
Iolanda.

I disse...

vi-te multiplicada. Nunca dividida. ;)

Coisa Boa disse...

Olá minhas lindas!!!...
Tens razão Iol. Mas por vezes sinto dúvidas e receios de estar a errar. Errar muito pelo menos. Errar alguma coisa eu sei que acontecerá...

Isa...és uma querida... espero que tenhas razao...
Adorei estar com vocês duas. é bom estar com alguém que gosto tanto,como vocês, e com quem eu consigo ser eu mesma...

beijos

Anónimo disse...

Não sintas receio minha querida. Tens amor para dar e vender!! E vais dá-lo aos 2, da melhor forma, tal como sabes.
Aquele reencontro foi mm mt mt mt mt mt mt bom. Tivémos tempo para nós. Mm q seja a falar dos nossos filhos.....mas pq assim o quisémos. Tivémos espaço para rir, desabafar, recordar. QUE BOM! E foram apenas....o quê? 2 horas? No máximo! E deu para tanto...
Bj gde,
tb vos adoro mt.
Iolanda

Anónimo disse...

Miga...tens ainda un caminho muito longo para percorrer...senti..ou melhor sinto tudo aquilo que sentes...uns dias mais ..outros dias menos..mas vai acompanhar-te para sempre...Não te esqueças eles são a unica coisa que verdadeiramente nossa..por eles rimos, choramos, sofremos, transbordamos de alegria!!!
Tu és grande..muito grande, no teu coração cabe uma imensidão!!!!
Bj grande amiga...tenho saudades tuas
Ausenda

Coisas Boas disse...

Também tenho saudades...não propriamente do sitio...mas das nossas palhaçadas!!!

Coisas Boas disse...

Minha querida...deveriamos nos encontrar mais vezes!...sempre que tiveres um bocadinho diz...gosto muito de estar contigo, miga!...

I disse...

Iolanda, tens noção que quando tu chegas só dá Rodrigo no canal?
:)
E aminha bexiga? quase a explodir?

Anónimo disse...

Eheheheheehe!!!Ainda não tinha visto este teu comentário meu amor....!! Mas tens razão, ainda para mais, ele apareceu lá na fnac.......não me deu mta hipótese....tão diferente do que conheceste dele em bébé.....que só me apeteceu falar do qto me divirto agora com ele.
Mas sp que estiveres de bexiga cheia (o que deve envolver um curtíssimo espaço de tempo),é só dizeres! És uma prioridade.
Adoro-te. E à tua miniatura tb.
Bj gde p ti, Piozinha e miniaturas.....
Iolanda.