12 de outubro de 2010

A neura transformou.se

e agora sinto umas saudades imensas de te ter ao meu colo! de ter tempo de te ver sorrir. de passar o dia a trocar fraldas e limpar baba. e te dar mama sempre que querias e de ver a tua cara ficar suja de sopa (incluindo as narinas)!
de te ouvir palrar. de te aconcegar ao meu colo e de te ver adormecer. Tenho tantas saudades de estar contigo todos os instantes do dia.

3 comentários:

Cristina disse...

Pois é... custa tanto!
Nem te digo nem te conto como eu sai de lá no 1º dia... quem me vi-se devia dizer que me tinha acontecido algo de muito, mas mesmo muito mau... porque não conseguia deixar de chorar!!!
Força amiga! Depois habituamo-nos.
Bjks

La Sevilhana disse...

Oh....não deve ser fácil...não deve...

Anónimo disse...

Um dia de cada vez...hoje tiveste um bocadinho e eu tb...lol..
Adorei esfregar-me nele e beijar-lhe aquelas mãos gorduchas... que saudades!!!
Ausenda