10 de junho de 2012

Dos últimos dias...







Alentejo. 

É lá que consigo recarregar forças. renascer. Acho que é a luz. os fins de dias. Aquelas planícies imensas, que se mostram de um dourado que não há em mais lado nenhum. 
É o som. o silêncio. lá, consigo ouvir-me de outra forma.

Estávamos a precisar destes dias, cheios de:
Ir. estar. fatos de banho. biquinis. chinelos. protector solar. escorregas e baloiços. pão para dar aos porcos, à avestruz, ao burro, aos cavalos, às lamas. mini-golfe, caminhar. comer. beber. sestas. pequenos-almoços 4 estrelas, toalhas-de-praia molhadas. correr. birras. não fazer nada.  beijos. ouvir. respirar. e saber bem voltar.

Foi melhor do que eu estava à espera. muito melhor. 
Foi perfeito!

4 comentários:

Anónimo disse...

Ainda bem que gostaste...já mereciam um descanso!!!
Ausenda

La Sevilhana disse...

A repetir por certo. Também merecem uma pausa.

Coisas Boas disse...

já ia lá novamente

Anónimo disse...

Como eu te entendo, amiga...
BJ GDE!!!!!!!!!!!!!!