5 de setembro de 2009

Amanhecer

Ficheiro:Amanhecer livro.jpg



- Para sempre, sempre e sempre - murmurou Edward.
- Isso soa-me a algo mais que perfeito.
Foi então que demos asas à nossa felicidade, naquele momento pequeno, mas absoluto, na nossa eternidade.


FIM
Podia haver só mais um livro. Um só. Nem precisava de ser tão grande. Bastava!

2 comentários:

Anis disse...

Eu tou a "engonhar" a leitura! Vai ser difícil!!!!

Coisa Boa disse...

Vai mesmo. Acredita!!!!....ainda não tirei o amanhecer da mesa de cabeceira!...