1 de fevereiro de 2010

Tum...tum...tum...

Sinto-te a dar três pontapés seguidos...
Esfrego a barriga exactamente no sítio que bateste.
Voltas a a dar pontapés...
e eu, bato com os dedos ao de leve na barriga...
E voltas a repetir os pontapés, ritmados!
E estivemos assim, por um momento...a falar!

3 comentários:

Anis disse...

Quanto a mim esta é a melhor parte de todo este processo por vezes moroso, por vezes delicioso! Beijinhos

Anónimo disse...

Ui, ui..........não estavas habituada a isso pq o Tiago era bem mais calminho.....na barriga, claro!!!!!Mas o meu era tal e qual o que descreves......e no fim do tempo cheguei a ter de lhe dar umas palmadas pq o gde passatempo era esticar a perna contra as minhas costelas, de lado!!!!!! O incómodo era tanto q eu esticava-me e dava uns toquesitos que significavam "olhaí!!!!" As vezes ele n percebia (ou fingia que não percebia, q já lá dentro ele era mt manhoso...) e eu ficava de olhos esbugalhados, quase sem me mexer, com a barriga completamente disforme , esticada para um dos lados.......mas felizmente somos mais inteligentes que eles, e quase sem ar, lembrava-me "as cócegas funcionam sempre." E funcionaram mesmo.
Aproveita amiga.
São momentos inesquecíveis.
Bjs!!

Iolanda.

Simples Maria disse...

Foi dos momentos mais felizes da minha vida....